Polícia

08/08/2012 | 06:40 | Aqui Acontece

Homem é detido durante velório de jovem assassinada em Penedo



Em meio ao clima de revolta e comoção vivido durante o velório da jovem Genilda da Silva, realizado na Igreja de São Benedito, no Centro Histórico de Penedo, algo chamou a atenção de amigos e parentes que davam o último adeus a vítima do covarde assassinato registrado na noite desta segunda-feira (06) na cidade ribeirinha.

O pai do filho de Genilda apontado como um dos principais suspeitos de ter participação intelectual no homicídio compareceu ao velório e foi detido por policiais civis da Delegacia Regional de Penedo, que de forma tranquila e sem chamar a atenção, abordaram o rapaz de identidade ainda desconhecida, conduzindo-o para ser ouvido na 7ª DRP.

Atualmente a vítima movia uma ação judicial para que o pai da criança pagasse a pensão alimentícia do filho. De acordo com as informações preliminares, o rapaz é ex-presidiário e usava uma tornozeleira eletrônica no momento que foi detido. Mais detalhes você poderá acompanhar na manhã desta quarta-feira, no Programa Vida Real da Rádio Penedo FM (97, 3 Mhz e www.penedofm.com.br) a partir das 7 horas.

Publicidade
Cesar Contabilidade

Siga-nos

Publicidade

2

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vedada a inserção de comentários que contenham palavras torpes e que violem a lei e os bons costumes. O AlagoasWeb poderá retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Juliana Parte II | 15/08/2012 | 17:39
    ...apesar de ex-presidiário, é rapaz esforçado e mantinha relação razoável com Genilda e o filho, pedrinho. Interesseiros esses que se dizem familiares da Genilda, nunca sequer deram bom dia a ela e depois de sua morte querem a casa dela e a pensão irrisória da crinça. RATOS!!!! coitada da criança. Desabafo dos amigos mais próximos.
  • Amanda | 09/08/2012 | 13:39
    Há grande equivoco nessa história e muitos sabem disso mas temem falar em Penedo. Genilda da Silva tinha inimizades e comprava crak e maconha na cidade, um dos traficantes antes de morrer dizia wque nao gostava dela. Os amigos sabiam que genilda "falava demais" e ainda se envolvia com homem casado ainda recentemente.
Deixe seu comentário