23/12/2016 | 07:50 | Veja

Reprodução

Terrorista de atentado em Berlim é morto na Itália

Anis Amri foi morto a tiros por policiais em Milão

O autor do atentado terrorista em Berlim na última segunda-feira foi morto por policiais nos arredores de Milão, na Itália, de acordo com autoridades italianas. Anis Amri, tunisiano de 24 anos, dirigiu um caminhão contra os frequentadores de uma feira natalina na capital alemã, em um ataque que deixou doze mortos e quase cinquenta feridos.

Segundo o ministro do Interior italiano, Marco Minniti, o homem morto a tiros por policiais em Sesto San Giovanni na madrugada desta sexta-feira é, “sem sombra de dúvidas”, o terrorista que cometeu o ataque em Berlim. As impressões digitais de Amri foram encontradas no caminhão.

As autoridades alemãs informaram que Amri usava seis pseudônimos diferentes e já tentou se passar como cidadão egípcio e libanês. De acordo com a rede britânica BBC, Amri viajou para a Itália em 2012 e, três anos depois, chegou à Alemanha, onde solicitou asilo e conseguiu permissão temporária para ficar no país até abril deste ano. Em junho, ele teve o pedido de asilo permanente negado por não possuir os documentos necessários.


Leia mais sobre Mundo


Terremoto deixa mais de 45 mortos no México

Chega a 90 o número de mortos no terremoto no México

Estado Islâmico degola seis pessoas na Festa do Sacrifíci...

Coreia do Norte dispara míssil contra o Japão e incita gu...

'Polícia pode matar ‘idiotas’ que resistirem à prisão', d...

Homem ataca 8 pessoas com faca na Rússia

Ataque aéreo mata chefe do Estado Islâmico no Afeganistão

China prende 18 membros de seita que crê em 'Jesus mulher'

Atentado com carro-bomba mata 24 pessoas no Afeganistão

Jovem é presa na Arábia Saudita por usar minissaia

Publicidade