Educação


28/12/2016 | 14:30 | Assessoria

Alagoas terá 34 escolas de ensino médio em tempo integral em 2017

Governador Renan Filho confirmou número com o ministro da Educação, Mendonça Filho

Ilustração


A partir de 2017, Alagoas contará com 34 escolas de ensino médio em tempo integral. A iniciativa de implantar um novo modelo de educação para os jovens alagoanos se deu logo no início da gestão do governador Renan Filho. Ele esteve com o ministro da Educação, Mendonça Filho, nesta quarta-feira, 28, e confirmou o número de escolas em tempo integral para o próximo ano.
 
“Vamos começar o novo ano letivo já com 34 escolas em tempo integral de ensino médio. Mendonça anunciou ainda uma antecipação de Fundeb para o Estado e municípios no valor de R$ 42 milhões para garantir cumprimento de obrigações. Vamos em frente!!!”, comentou o governador Renan Filho em suas redes sociais.
 
Nos três primeiros meses, o secretário de Estado da Educação (Seduc) e vice-governador, Luciano Barbosa, que já tinha a experiência de criar dez escolas de tempo integral no ensino fundamental quando prefeito de Arapiraca, implantou a modalidade do ensino integral com curso profissionalizante na Escola Estadual Marcos Antônio, localizado no Complexo Benedito Bentes.
 
"Escola de ensino integral para adolescente, ou seja, ensino médio, é totalmente diferente do que para crianças. Os jovens de 15 a 18 anos são protagonistas, querem ser ouvidos e a escola precisa ser atrativa e principalmente prepará-los para o mercado de trabalho", afirma o secretário Luciano Barbosa.
 
Em 2015, havia então apenas a Escola Marcos Antônio, mas deu tão certo que, em 2016, o modelo foi ampliado e outras 16 unidades, uma de cada Gerência Regional de Educação (Gere) se candidatou a adotar o ensino integral, que inclui na matriz curricular matérias eletivas, esporte, robótica.
 
Novas escolas

Em 2017, Alagoas terá  17 novas escolas, são elas: Escola Estadual Maria das Graças de Sá Teixeira (1ª Gere); Escola Professor Eduardo da Mota Trigueiros (1ª Gere);  Escola de São Miguel dos Campos (2ª Gere); Constança de Góes Monteiro (3ª Gere); Professora Edite Machado (4ª Gere); Lions Cub (5ª Gere); Escola Estadual Senador Rui Palmeira (5ª Gere); Deputado Gilvan Barros (5ª Gere); Angelo de Abreu (6ª Gere); Escola Estadual de Murici (7ª  Gere); Padre Teófanes Augusto de Araújo Barros (7ª Gere); Braulio Cavalcante (8ª Gere); Nossa Senhora da Apresentação (10ª Gere); Monsenhor Sebastião Alvez Bezerra (11ª Gere); Oliveira e Silva (12ª Gere); Maria Ivone Santos de Oliveira (13ª Gere) e Escola Estadual Rosalvo Ribeiro (13ª Gere).
 
Todas as unidades com tempo integral de Alagoas são bancadas com recurso próprio e o programa já estava estabelecido mesmo antes do Ministério da Educação lançar a reforma do Ensino Médio com a proposta de financiar as escolas de tempo integral.
 
Alagoas se inscreveu no programa e conseguiu apoio para 19, das 34 escolas.

Publicidade
Associação Comercial Empresarial Miguelense

0

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vedada a inserção de comentários que contenham palavras torpes e que violem a lei e os bons costumes. O AlagoasWeb poderá retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Deixe seu comentário