Trânsito


31/12/2016 | 13:15 | Assessoria

Réveillon na orla Maceió; veja os pontos de interdição

Homens da SMTT estarão nos pontos de interdição para orientar motoristas e pedestres

Reprodução


Com a realização da tradicional queima de fogos do Réveillon 2017 na orla de Maceió, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió orienta as pessoas que forem ao evento a saírem cedo de casa para evitar transtornos e complicações no fluxo da região.

“Chegar mais cedo será essencial para quem desejar conseguir um estacionamento regular e deixar o veículo”, conta o coordenador de Operações de Trânsito da SMTT, Wanderson Freitas. Por causa dos diversos pontos de interdição, ele explica que várias ruas não poderão ser acessadas, o que reduz o número de vagas.

A partir das 16h deste sábado (31 de dezembro), o trecho interditado para o show de fogos de artifício compreenderá desde o cruzamento da Avenida Silvio Vianna com a Rua Professora Hígia Vasconcelos até a intersecção da Avenida Álvaro Otacílio com a Rua Deputado José Lages.

Outra recomendação é que as pessoas saiam em grupo dentro de um mesmo veículo ou utilizem transporte coletivo ou o táxi. “Quem for de carro não poderá estacionar de forma irregular sob nenhum pretexto, pois estará prejudicando o trânsito da região e sujeito à penalidade”, orienta Freitas.

Aqueles que precisarem transitar pela região com seus veículos deverão estar atentos, respeitar os pontos de interdição estabelecidos e buscar vias alternativas. A SMTT indica que os condutores podem buscar vias alternativas, como as ruas Deputado José Lages, Professor Sandoval Arroxelas, Engenheiro Mário de Gusmão e Durval Guimarães, além de parte da Avenida Silvio Vianna.

Publicidade
Associação Comercial Empresarial Miguelense

0

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vedada a inserção de comentários que contenham palavras torpes e que violem a lei e os bons costumes. O AlagoasWeb poderá retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Deixe seu comentário