31/12/2016 | 13:30 | Veja

Reprodução

Hacker invade site de Michel Temer: ‘Dinheiro não se come’

Ataque foi assinado por 'Anarchy Ghost', que se diz apartidário e pede 'pena de morte' aos políticos do Congresso Nacional

Agora está tudo normal outra vez, mas o site de Michel Temer foi invadido por hackers nas últimas horas de 2016. Na manhã deste sábado, a página, toda trabalhada nas cores verde e amarela, tinha o fundo preto e palavras, nas cores verde e vermelho, que bradavam contra os políticos e em especial o Congresso Nacional.

“Batemos de frente, e querendo ou não tem que RESPEITAR!”, dizia a mensagem, assinada por ‘Anarchy Ghost’ (Fantasma Anarquista). “Quando a última árvore tiver caído, quando o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que dinheiro não se come. Eu quero pena de morte pra quem tá no Congresso, vocês que deveriam responder por crime hediondo.”

Em seguida, o hacker, que já atacou páginas do PT, se dizia apartidário. “Antes de me chamar de esquerda ou direita, eu quero é que se dane, a direita, meio, e a esquerda! Dane-se os partidos”, escreveu, com erro de português ao final.

A invasão ainda deixou no site um rap crítico ao governo Temer e à classe política em geral. A música Desordem e Regresso faz referência ao slogan positivista escolhido por Michel Temer para marcar a sua administração — “Ordem e Progresso”, o mesmo que aparece na bandeira do Brasil. Na letra, do DJ Caíque, há passagens como “Convivendo com gente iludida / que acha que o governo Temer vai melhorar sua vida”.

Mantido pelo PMDB, o site de Michel Temer divulga informações sobre o político e sua atuação na Presidência da República, mas não é uma página oficial do governo federal.


Leia mais sobre Internet


Loterias online!! A proximidade e a modernidade, com a se...

Facebook testa novo tipo de perfil

Corrente falsa no WhatsApp promete recuperar fotos do Orkut

Brasil está entre os 10 países que mais postam fotos no F...

Instagram muda visual e lança 'thread de comentários'

Facebook é eleito a marca mais amada do mundo

40% da população mundial está nas redes sociais, diz estudo

WhatsApp Beta tem nova funcionalidade; confira

1 bilhão de pessoas usam o WhatsApp todos os dias

Google vai adicionar notícias e vídeos na página principal

Publicidade