02/01/2017 | 09:48 | Agência Brasil

Reprodução redes sociais

Vítimas de chacina em Campinas são veladas hoje


As 12 vítimas da chacina que ocorreu durante a festa de Ano-Novo em Campinas, interior de São Paulo, serão sepultadas a partir das 9h de hoje (2), no Cemitério da Saudade. O autor das mortes, que se matou ao final da chacina, Sidnei Ramis de Araújo, de 46 anos, será enterrado na cidade de Jaguariúna, em local e horário não informados.

Sidnei invadiu uma casa, onde morava sua família, no Jardim Aurélia, com um canivete e uma pistola 9 milímetros. Ele usou a arma para matar a ex-mulher, Isamara Filier, de 41 anos, o filho, João Victor, de 8 anos, e outras dez pessoas (sendo oito mulheres e dois homens), durante as comemorações de réveillon. Após o ataque, Sidnei se matou.

Homem mata o filho de 8 anos, a ex-mulher e mais dez pessoas em SP


De acordo com uma testemunha que estava na casa no momento do ataque, Sidnei pulou o muro, entrou na casa por volta da meia-noite e começou a disparar contra todos. Essa mesma testemunha, ao ouvir os primeiros disparos, pensou que eram fogos de artifício. Mas viu o tio cair no chão e percebeu o que ocorria.

Correu para o banheiro e ligou para a polícia e para unidades de resgate. O caso foi registrado no 4º Distrito Policial de Campinas como homicídio consumado e pensado, além de suicídio.


Leia mais sobre Trágico


Funcionário da JBS morre após cair em máquina de processa...

Encontrado mais um corpo de vítima de acidente marítimo n...

Chega a 23 número de mortos em naufrágio na Bahia

Mulher comete suicídio se jogando de ponte em Maceió

Lutador de MMA amador morre após ser nocauteado

Corpo de Bombeiro resgata homem que tentou se jogar de pr...

Morre bebê que foi baleado ainda na barriga da mãe

Prédio desaba e mata criança em Recife

Adolescente vítima de choque elétrico morre no HGE

Trabalhador morre vitima de choque em geladeira

Publicidade