Política


03/01/2017 | 20:50 | AlagoasWeb | Por JC Nicácio

Vereador é levado algemado e sob escolta policial para tomar posse


Reprodução

O vereador do PTB foi preso em dezembro, acusado de extorquir um padre


Como se não bastasse o caso do prefeito alagoano acusado de pedofilia ser empossado e retornar para o presidio, na cidade de Caratinga, em Minas Gerais, um vereador foi levado sob escolta policial até a Câmara do município para assumir uma das cadeiras da casa legislativa.

Ronilson Marcílio Alves, de 42 anos, foi reeleito com 854 votos, como 4ª vereador mais votado do município. O parlamentar chegou a local da posse escoltado pela polícia, vestindo uniforme prisional e algemado.

O vereador do PTB foi preso em dezembro, acusado de extorquir um padre.

Para ser diplomado, o parlamentar usou de um direito, constituiu um procurador que recebeu do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE/ MG) as prerrogativas de tomar posse no primeiro dia do ano.

Leia também

Acusado de estupro, prefeito alagoano toma posse e volta à prisão


Publicidade
Douglas Gás

1

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vedada a inserção de comentários que contenham palavras torpes e que violem a lei e os bons costumes. O AlagoasWeb poderá retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Cácio | 04/01/2017 | 14:06
    É vergonhosa uma situação dessas.
Deixe seu comentário