22/02/2017 | 13:40 | AlagoasWeb com informações de agências | JC Nicácio

Reprodução

Professora chama a polícia depois de ser atacada por ‘lobisomem’


O palco do fato é a cidade de Iguatemi, no interior de Mato Grosso do Sul, onde na madrugada da terça-feira (21), a professora Regina Abreu, protagonizou o acontecimento, ela foi ‘atacada por um lobisomem’.

O evento poderia se transformar numa mera estória de terror, caso a denunciante estivesse sozinha, mas ela tem testemunhas do ocorrido, seu esposo, uma filha e outra pessoa, que disse ter visto a suposta assombração, só conhecida na mitologia.

A professora contou à polícia que estava conduzido seu veículo quando a criatura lendária avançou contra o carro.

Assustada, a mulher de 55 anos parou o veículo, e acabou tomando conhecimento que outra pessoa também tinha visto o ser grande e peludo, fugindo para uma região de mata logo após o suposto ataque.

O acontecimento não é inédito na cidade e a professora seria apenas mais uma das vítimas da criatura, que já apareceu para dezenas de moradores da pequena e pacata Iguatemi, de pouco mais de 15 mil habitantes.

Como em outros casos, a Polícia Militar registrou a denúncia e prometeu caça o bicho.


Leia mais sobre Bizarro


Menina joga garrafa ao mar e recebe resposta 29 anos depois

Mulher grávida quase morre após ‘chute’ do bebê romper o ...

Pescador fisga camurupim com mais de 60 quilos e 1,70m na...

Vídeo: Criança é estimulada a tocar em homem nu em 'perfo...

Internauta flagra homem pelado andando em telhado de casa...

Mais um homem é preso em flagrante após ejacular em mulhe...

'Diabo' desfila em igreja evangélica de Londres

Estranha criatura de dentes afiados é encontrada em praia...

Recém-nascida é abandonada em mochila com bilhete: 'Cuide...

Idoso de 70 anos é detido após abusar sexualmente de cadela

Publicidade