Bizarro


23/02/2017 | 08:20 | Agências

Mulher é flagrada com quase 10m de fio de cobre na genitália

Ela tentou entrar em presídio com nada menos do que 33 fones de ouvidos, 17 cabos conectores para fones de ouvido e 9,6 metros de fio de cobre flexível

Divulgação/SAP


De acordo com informações da Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), divulgadas nesta quarta-feira (22), o detector de metais da Penitenciária de Martinópolis, no interior de São Paulo, foi acionado na entrada de uma visitante que escondia nada menos do que 33 fones de ouvidos, 17 cabos conectores para fones de ouvido e 9,6 metros de fio de cobre flexível escondidos nas partes íntimas.

Segundo o G1, quando identificada a presença de metais no corpo da mulher, ela confessou que levava os itens escondidos em um invólucro na sua genitália.

Após retirado, ela foi levada para a Delegacia da Polícia Civil, onde foi registrado um boletim de ocorrência. Na sequência, a mulher foi liberada.

“Também foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade do preso que receberia os materiais, já que a visitante é companheira do sentenciado que cumpre pena no local. Deve-se observar que pessoas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente excluídas do rol de visita”, contou a SAP à reportagem.

Publicidade
Servcon - Contabilidade & Consultoria

0

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vedada a inserção de comentários que contenham palavras torpes e que violem a lei e os bons costumes. O AlagoasWeb poderá retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Deixe seu comentário