02/03/2017 | 14:10 | AlagoasWeb | JC Nicácio

Reprodução

Usina Seresta encerra safra e demite mais de 250 funcionários

'Crise no setor' é justificativa da empresa para demissões

A demissão em massa de funcionários da Usina Seresta, indústria pertencente à família do ex-governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, surpreendeu os colaboradores da empresa neste final de safra.

Cerca de 250 funcionários, de todos os setores e níveis, foram dispensados. As demissões acontecem após o encerramento da safra 2016/2017, encerrada na segunda quizena de fevereiro.

De acordo com os funcionários demitidos, a justificativa da empresa é a crise no setor sucroalcooleiro. A indústria é a principal fonte geradora de renda do município de Teotônio Vilela, onde está instalada desde 1973.

A notícia das demissões caiu como uma bomba para a comunidade e o comercio local, “o país já vive um momento difícil, agora só esperamos o pior”, comentou um morador da cidade ao falar com a reportagem do AlagoasWeb.

Usina não se manifestou oficialmente sobre as demissões.


Leia mais sobre Interior


Militar alagoano morre vítima de ataque fulminante do cor...

Câmara aprova mudanças no Código Tributário de São Miguel...

GPM de Jequiá da Praia ganha nova sede

Homem tenta suicídio ateando fogo ao próprio corpo na zon...

Audiência do MP discute extinção de lixão em São Miguel d...

Órgãos promovem treinamento com colaboradores das obras d...

Parceria PC e GCM disponibiliza serviço de boletim de oco...

Presidente da Câmara promove grande festa do Dia da Crian...

SMTT promove ‘Dia D Criança Feliz’ no Trânsito em São Mig...

Empresários do setor de festas e eventos promovem encontr...

Publicidade