Polícia


16/03/2017 | 09:50 | Ascom MPF/AL

PF de Alagoas realização Operação Divisas


PF/AL

Viaturas da PF em um dos locais onde foram cumpridos mandados


Polícia Federal, através de suas superintendências em Alagoas e Pernambuco, realiza nesta quinta-feira(16), e contando com o apoio da Secretaria de Segurança Pública de Pernambuco desencadeou a chamada “Operação Divisas”, cujo objetivo é desarticular uma Organização Criminosa chefiada pelo indivíduo conhecido como FLÁVIO “GALÊGO” e composta por indivíduos de alta periculosidade residentes no Estado de Pernambuco e que nos últimos meses teria perpetrado diversos roubos à mão armada e explosões de caixas eletrônicos nos Estados de Pernambuco e Alagoas.

A ação interestadual da ORCRIM chamou a atenção dos investigadores da Delegacia de Repressão a Crimes Patrimoniais e Tráfico de Armas da SR/PF/AL que identificaram que, dentre outros crimes, a quadrilha teria realizado as seguintes ações: o assalto à Agência do Banco do Brasil de Rio Formoso/PE na data de 08.09.2016 utilizando-se de explosivos; assalto à mão armada na casa do Chefe de Gabinete do Prefeito de Ipojuca/PE em 30.09.2016, o furto com usos de explosivos na Agência do Banco do Brasil de Colônia Leopoldina/AL na madrugada de 29.10.2016, roubo ao Posto de Combustíveis São Roque, na cidade de Sirinhaém/PE na data de 28.11.2016, tendo a quadrilha tentado explodir os caixas eletrônicos existentes no local.

O nome da operação é uma referência à organização criminosa PCC que adota como apelido o código numérico mencionado. Na ação de hoje foram cumpridos cerca de 09 Mandados de Busca e Apreensão em Pernambuco e Alagoas e cerca de 08 Mandados de Prisão Preventiva e Condução Coercitivas, expedidos pela Vara de Combate ao Crime Organizado de Alagoas. A ação de hoje contou ainda com a participação de cerca de 60 policiais, entre policiais federais e civis do Estado de Pernambuco.

Os presos foram conduzidos para a SR/PF/AL na cidade de Maceió/AL onde serão interrogados e em seguida encaminhados à estabelecimentos prisionais do Estado de Alagoas. Os componentes da quadrilha possuem extensa ficha corrida, onde constam inclusive homicídios cometidos contra policiais.

Coletiva de imprensa estão agendadas para as 10:30 da manhã na sede da Superintendência da Polícia Federal em Alagoas.

Publicidade
Servcon - Contabilidade & Consultoria

0

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vedada a inserção de comentários que contenham palavras torpes e que violem a lei e os bons costumes. O AlagoasWeb poderá retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Deixe seu comentário