15/04/2017 | 11:10 | Noticias ao Minuto

Reprodução Oklahoma City Police department

Avó é condenada a prisão perpétua por personificar bruxa

Ao assumir o papel, idosa torturava neta de apenas 7 anos

Uma avó moradora de Oklahoma, nos EUA, foi condenada a prisão perpétua por aterrorizar a neta ao se vestir como a bruxa "Nelda" - personagem criada por ela própria. Ao incorporar este papel, Geneva Robinson, de 51 anos, maltratava a neta de 7 anos com beliscões, sustos, tapas, chutes, queimaduras e outros tipos de agressões.

De acordo com o 'Globo', a vó chegou a bater com chicote e cortar o cabelo da criança. O namorado da avó também torturava a menina. Joshua Grander, de 33 anos, se vestia de outro personagem: o demônio "Coogro". O agressor também foi condenado, com uma pena de 30 anos de prisão.

O terro foi vivido pela menina entre junho e setembro de 2014, após seus pais se separarem e as crianças terem ido morar com a avó.

A promotora do caso, Merydith Easter, alegou que a criança viveu em uma "casa dos horrores". "Ela merece a mesma quantidade de misericórdia que mostrou a essa criança, o que quer dizer nenhuma", afirmou.


Leia mais sobre Bizarro


Menina joga garrafa ao mar e recebe resposta 29 anos depois

Mulher grávida quase morre após ‘chute’ do bebê romper o ...

Pescador fisga camurupim com mais de 60 quilos e 1,70m na...

Vídeo: Criança é estimulada a tocar em homem nu em 'perfo...

Internauta flagra homem pelado andando em telhado de casa...

Mais um homem é preso em flagrante após ejacular em mulhe...

'Diabo' desfila em igreja evangélica de Londres

Estranha criatura de dentes afiados é encontrada em praia...

Recém-nascida é abandonada em mochila com bilhete: 'Cuide...

Idoso de 70 anos é detido após abusar sexualmente de cadela

Publicidade