18/04/2017 | 08:20 | Noticias ao Minuto

Moro (Lula Marques/ AGPT), Lula (Reuters)

Lula e Moro ficarão cara a cara dia 3

Ex-presidente prestará depoimento sobre o tríplex do Guarujá e há quem cogite a prisão dele na ocasião

No próximo 3 de maio, Lula prestará depoimento, pela primeira vez, ao juiz Sérgio Moro, no caso que investiga se o ex-presidente, que é réu no processo, foi beneficiado por desvios da Petrobras para comprar e reformar o tríplex no Guarujá.

No dia, uma quarta-feira, Curitiba estará no foco das atenções de todo o país. Para acompanhar a oitiva, caravanas contrárias e favoráveis ao ex-presidente também prometem desembarcar na cidade paranaense, em ônibus fretados e até motocicletas.

A Frente Brasil Popular, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e até a Nação Hip Hop estão entre os grupos que farão coro a favor de Lula.

"Como qualquer outra pessoa, se há suspeita, Lula precisa ser investigado. Mas acreditamos que há um linchamento com evidente viés político contra ele", afirma o líder do MTST, Guilherme Boulos.

Já do lado anti-PT, de acordo com informações da Folha de S. Paulo, além do boneco "pixuleco", vestindo roupa listrada de presidiário, os movimentos Nas Ruas e Revoltados Online organizam atos que vão desde comboios customizados até uma "motocicletada", que prometem ter até 10 mil motos.

Outros grupos ainda não sabem se vão, como o Movimento Brasil Livre (MBL), que deve mandar apenas "olheiros". Já o Vem pra Rua não vai. "Não se justifica. A Justiça está andando bem até agora e cuidará do caso", diz o cabeça do movimento, Rogério Chequer.

O receio é de que haja o enfrentamento entre as correntes. O que pode ser agravado pela possibilidade de o juiz Moro ordenar a prisão de Lula no dia. Por isso mesmo, a bancada do PT na Câmara pretende ir em peso demonstrar apoio. "Este Moro é capaz de tudo, é um negócio sem precedentes", diz o deputado Carlos Zarattini.

A Polícia Militar do Paraná diz que a segurança do dia ficará a cargo da Polícia Federal.


Leia mais sobre Justiça


MPC aponta irregularidades na prestação de contas do ex-p...

Acusado de má-fé, Neymar é multado pela Justiça brasileir...

Juiz nega indenização de R$ 20 mil a ladrão que foi espan...

Universidade é condenada e deve pagar R$ 3 mil por negati...

Justiça nega liberdade a homem acusado de esfaquear espos...

Moro dá 48 horas para que Lula apresente recibos originai...

Júri absolve Mirella Granconato pela morte da universitár...

Justiça Itinerante celebra casamento de 350 casais em Maceió

Teotônio Vilela deve encerrar 'lixão' em até 30 dias

Grupo atira tomates em protesto contra Gilmar Mendes em S...

Publicidade