Polícia


20/04/2017 | 18:50 | 180 Graus

Polícia apura caso de jovem que teria 'estuprado' cadela e divulgado vídeo


Reprodução


Segundo matéria divulgada no site RepórterMT, um estudante universitário é suspeito de estuprar uma cadela, em Cuiabá (MT). O ato teria sido gravado pelo próprio jovem dentro do banheiro de uma casa e divulgado nas redes sociais.

Na postagem o jovem teria feito elogios à cadela e dedica o vídeo aos amigos que não viram. “Para os amigos que ainda não tinham visto o meu vídeo, essa é a minha cachorra ‘Branquinha’. Ela sempre aguenta tudo. É impressionante, ela aguenta tudo. Muito gostosa. Ela está no cio. Gostosa demais”, disse.

Devido a grande repercussão e revolta das pessoas nas redes sociais o estudante excluiu a sua conta no Facebook. A denuncia foi realizada pela Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (OPA-MT).

Em entrevista ao RepórterMT Michelle Scopel, fundadora da OPA-MT declara indignação total com o crime. “Isso que ele fez foi uma monstruosidade com um animal indefeso que não tem pra onde correr. Nós iremos até a Delegacia de Meio Ambiente (Dema) registrar uma denúncia contra ele. Espero que as autoridades façam alguma coisa e não deixe esse monstro livre. Isso é um crime. Ele não pode ficar imune”, disse.

Além disso, Michelle tem suspeitas que o acusado cometia o crime também com outros animais criados por ele. “Já tivemos acesso ao vídeo e às fotos que mostram a cadelinha sendo estuprada. Com certeza, não foi só contra essa cachorra, porque pelo que a gente viu no ‘Facebook’ dele tem outros animais que a gente crê que ele também faz isso. Ele mesmo fala no vídeo que ela aguenta bem e isso me faz entender que ele faz isso sempre. Estou passando mal desde quando eu vi o vídeo”, concluiu.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, por meio da Dema. O crime de zoofilia está na Lei 9.605/98 e fixa a pena de detenção, de um a três anos, e multa para os casos de maus-tratos contra animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Publicidade
Servcon - Contabilidade & Consultoria

0

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vedada a inserção de comentários que contenham palavras torpes e que violem a lei e os bons costumes. O AlagoasWeb poderá retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Deixe seu comentário