11/05/2017 | 19:25 | Agências

Ilustração

Fiel evangélica ganha indenização por fofoca na igreja

'Revelação' sobre adultério causou constrangimentos à vítima

 

Segundo decisão da 18ª Câmara Cível do Rio de Janeiro, uma mulher que foi alvo de boatos na igreja evangélica que frequenta tem o direito de receber indenização por “calúnia e difamação”.
 
Segundo os autos, dois fiéis afirmaram ter recebido uma “revelação divina” dando conta que a mulher teria traído o marido.
 
A Justiça do Rio entendeu que cada um deles deverá pagar R$ 5 mil à vítima por terem espalhado a informação entre os membros da igreja.


Leia mais sobre Justiça


Acusado de má-fé, Neymar é multado pela Justiça brasileir...

Juiz nega indenização de R$ 20 mil a ladrão que foi espan...

Universidade é condenada e deve pagar R$ 3 mil por negati...

Justiça nega liberdade a homem acusado de esfaquear espos...

Moro dá 48 horas para que Lula apresente recibos originai...

Júri absolve Mirella Granconato pela morte da universitár...

Justiça Itinerante celebra casamento de 350 casais em Maceió

Teotônio Vilela deve encerrar 'lixão' em até 30 dias

Grupo atira tomates em protesto contra Gilmar Mendes em S...

Justiça revoga prisão do prefeito de Maribondo

Publicidade