19/05/2017 | 07:25 | Noticias ao Minuto

Reuters

Lula, Dilma, Serra e Renan são os novos alvos da JBS

Os irmãos possuem muito mais provas sobre nomes que, até o momento, estavam passando ilesos

Nesta sexta-feira (19), delações dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, vai explodir no colo dos ex-presidentes Luíz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), do ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) e do ex-chanceler e ex-presidenciável José Serra (PSDB), de acordo com a colunista Eliane Catanhêde, do Estadão.
 
Segundo a jornalista, os irmãos possuem muito mais provas sobre nomes que, até o momento, estavam passando ilesos. Como os empresários estão soltos, eles assinaram acordo no qual passariam meses gravando interlocutores e pautando os monitoramentos da Poícia Federal. Segundo a colunista, o resultado das demais gravações é devastador, não apenas para Temer e Aécio, mas em todo o mundo político.


Leia mais sobre Política


Pedoca Jatobá participa de reunião com prefeitos e deputa...

Deputado propõe lei com pena de 30 anos de cadeia para qu...

Deputado Carimbão propõe que mãe do ministro da Cultura d...

Lula se compara ao demônio e pede 'respeito'

Lula: 'Sei que tô lascado, todo dia tem um processo'

Câmara realiza audiência pública sobre LDO e PPA na terça...

ONU inaugura primeiro escritório do Nordeste em Alagoas

'Lula participará da eleição preso ou solto', diz Dilma

Empresário diz que assinou recibos de imóvel ocupado por ...

Bancada do PT se posicionará contra afastamento do senado...

Publicidade