05/08/2017 | 11:30 | Assessoria

Reprodução YouTube

Após Casa arquiepiscopal ser invadida, Dom Antônio Muniz tranquila fiéis: 'estou bem'

Ação aconteceu na manhã deste sábado (05)

A Casa Arquiepiscopal de Maceió foi invadida na manhã deste sábado (05). Três homens fortemente armados renderam o arcebispo, o vigia e o diácono Inaldo Pitta, e recolheram objetos pessoais. Apesar do ato de violência, Dom Antônio Muniz informou que não sofreu agressões físicas e garante “estar tranquilo”.

“Fiquei sob mira de uma arma, mas os assaltantes não agrediram fisicamente ninguém. Levaram pertences pessoais e o pouco de dinheiro que estava na carteira”, afirmou o arcebispo. “Estou bem e tranquilo. É normal que quem passe por isso fique surpreso, mas graças a Deus não aconteceu nada grave”.

O diácono Inado Pitta informou que aproveitou um momento de distração dos criminosos, se escondeu em um dos cômodos e conseguiu acionar a polícia. “Ele estava me esperando para irmos à Missa na Igreja de São Gonçalo quando ocorreu o assalto”, relatou.


Leia mais sobre Religião


Adolescente morre ao cair em lago congelado, mas ressusci...

Papa envia mensagem para devotos de Nossa Senhora Aparecida

Grupos de religião afro querem o fim de igrejas em presídios

Evangélicos protestam contra outra exposição de arte porn...

'Jesus transgênero': juiz barra peça por vilipêndio e ult...

Ossos do apóstolo Pedro teriam sido descobertos em Roma

Pesquisa revela que católicos e evangélicos estão mais 'p...

Bíblia fica intacta após casa ser incendiada

Papa questiona fé de cristãos que consultam horóscopos e ...

Achado local onde Jesus teria multiplicado pães e peixes

Publicidade