12/08/2017 | 20:15 | Assessoria

Assessoria

Escolas Ana Lins de São Miguel dos Campos e Aprígio Vilela de Teotônio, vencem Feceal


Projetos sustentáveis foram os vencedores da Mostra de Robótica e da Feira de Ciências do Estado de Alagoas (Feceal) na categoria Trabalho Pedagógico. De São Miguel dos Campos, a Escola Estadual Ana Lins conquistou o primeiro lugar da Mostra de Robótica com projeto de sistema de captação de água de ar condicionado para a irrigação, enquanto a Escola Estadual José Aprígio Vilela (EJAV), de Teotônio Vilela, foi a vencedora da categoria da Feceal pedagógica uma armadilha caseira para mosquitos feita de garrafa pet.
 
Uma das pioneiras da robótica da rede estadual – venceu a Feceal 2015 com projeto de braço mecânico, a Ana Lins trouxe à Mostra um sistema de captação de água de ar condicionado para irrigação que promove economia no gasto de água potável, visto que,  em um período de quatro horas, chegou a coletar 10  litros d’água. “Nosso grupo de robótica desenvolve muitos trabalhos que sempre tem como meta ajudar as pessoas”, conta o professor Diogo Thiago dos Santos, coordenador do grupo.
 
A diretora Josimere Queiroz comemorou a vitória na Robótica como também as outras conquistas da unidade no Encontro Estudantil: o 2º lugar na categoria Pesquisa da Feceal, com estudo sobre as propriedades organolépticas da farinha de coco e o 2º lugar no Encontro de Grêmios. “Tivemos um balanço positivo do evento, pois, das sete categorias em que nos inscrevemos, conquistamos três prêmios. Para muitos de nossos alunos, esta foi a primeira vez no Encontro Estudantil e eles já estão ansiosos pela próxima edição”, conta a gestora.
 
Armadilha – Com um projeto de uma armadilha caseira para insetos feita de garrafas pet e resfriadores de computador, a EJAV, de Teotônio Vilela, conquistou o primeiro lugar da Feceal. A unidade conquistou ainda o terceiro lugar da Mostra de Robótica com projeto de escola inteligente e automatizada onde todas as luzes e aparelhos eletrônicos se desligam automaticamente durante os intervalos, totalizando uma economia de duas horas de energia.
 
“A armadilha é feita com materiais reutilizáveis e conseguimos resultados positivos na captura de mosquitos”, garantem os estudantes Isabel Lopes Ferreira e Samuel Carlos dos Santos.
 
A diretora Leda Regina dos Santos celebrou as conquistas da escola no evento. “Os alunos e professores se empenharam muito nestes trabalhos e estamos muito alegres com as conquistas de nossa escola”, afirma.​

Mais Imagens


Leia mais sobre Educação


Governo do Estado inaugura escola de tempo integral em Sã...

Governo entrega hoje escola de tempo integral em São Migu...

Carreira de professor desperta cada vez menos o interesse...

Governo inaugura escola de ensino integral na segunda, 16...

MEC vai distribuir R$ 90 mil para ganhadores do Prêmio Vi...

Contação de histórias encanta crianças na Bienal Internac...

FGTS poderá ser liberado para pagamento de dívida estudantil

Escolas alagoanas são premiadas em feira científica em Pe...

Provas do Encceja serão aplicadas em novembro

Prefeitura de São Miguel dos Campos capacita Educação par...

Publicidade