15/08/2017 | 16:25 | TJ/AL

Ilustração

Justiça condena assaltantes de ônibus a mais de 14 anos de prisão

Réus foram identificados pelo cobrador e autuados em flagrante pela Polícia Militar

O Juiz Carlos Henrique Pita Duarte, da 3ª Vara Criminal de Maceió, condenou os réus Devisson Gutemberg Silva dos Santos e Igor Matias dos Santos a reclusão em regime inicialmente semiaberto, por assalto a um ônibus em Maceió. A sentença foi publicada nesta terça-feira (15), no Diário de Justiça Eletrônico.

Igor Matias foi condenado a 6 anos, 7 meses e 10 dias, enquanto Devisson Gutemberg foi condenado a 7 anos, 4 meses e 20 dias de reclusão.

Consta nos autos que, em 6 de janeiro de 2017, no bairro do Jacintinho, os réus subiram em um coletivo, foram até o cobrador, apontaram uma arma para sua cabeça e exigiram seu celular e o dinheiro do caixa. Em seguida, fugiram do local.

O motorista do ônibus fez sinal para uma viatura da Polícia Militar (PM) que passava. Junto com o cobrador, os policiais realizaram rondas e acabaram identificando Igor Matias, que foi autuado em flagrante e indicou a localização da residência de seu comparsa, Devisson Gutemberg.

Ao definir as penas dos réus, o magistrado destacou que “a reprovabilidade da conduta é intensa, uma vez que o crime foi praticado em local de grande circulação de pessoas”. Os dois acusados confessaram o ato criminoso.


Leia mais sobre Justiça


Acusados de matar criança de 5 anos em Maribondo vão a jú...

Professor que comparou cerveja escura a mulher negra se t...

Fachin aguarda decisão do plenário do STF para enviar den...

Empresário é condenado a 57 anos por transmitir estupro d...

Justiça condena Supermercado Extra a indenizar cliente ac...

Lula diz que Palocci é calculista, frio e simulador

Pedido de vista adia julgamento de prisão de prefeito de ...

São Miguel dos Campos e mais quatro municípios aderem ao ...

MPF denuncia Lula, Gilberto Carvalho e mais cinco na Oper...

Procurador pede que STF derrube emenda que liberou vaquejada

Publicidade