Alessandro Meireles

Festa e ilusão

Placar

Goleada. Festa da torcida. Classificação garantida para as quartas de final. Se você apenas viu os gols da vitória por 4 a 0 do Palmeiras contra o Godoy Cruz, não pense que foi um espetáculo. Longe disso.

Um lance no segundo tempo foi decisivo para mudar os rumos de uma partida que já ganhava traços dramáticos. Uma bola que resvalou no defensor do time argentino, VAR acionado e pênalti marcado. Ou melhor, inventado, com a marca registrada dos árbitros sul-americanos, que, curiosamente usam a tecnologia para aumentar a margem de erro

Não é justo dizer que o Palmeiras só passou por conta da penalidade, convertida na sequência por Raphael Veiga, mas a partida, que ainda teve gols de Borja, Scarpa e Dudu, só acabou em goleada depois que o erro grave do juiz desmontou o Godoy Cruz.

Antes disso, era um Alviverde nervoso contra argentinos jogando por uma bola. Para o Palmeiras, a vitória representa, além da vaga, uma espécie de torniquete para estancar a crise formada após a Copa América e estímulo para o difícil clássico contra o Corinthians no domingo, como visitante.

Entre o resultado real e a ilusão, o Palmeiras avançou, mas ainda desperta a desconfiança em seu torcedor.

O QUE ROLOU NA RODADA

Cruzeiro 0 (2) x (4) 0 River Plate. A falta de ousadia de Mano Menezes foi castigada. A Raposa repetiu o placar da ida e perdeu nos pênaltis para os atuais campeões, que carimbam a vaga paras as quartas da Libertadores.

Foi a quarta eliminação seguida do Cruzeiro para equipes argentinas. O atacante Fred, que entrou na reta final do segundo tempo, revelou mágoa: “Não me encaixo nas características do Mano”, disse após a partida.

Fluminense 3 x 1 Peñarol
. Com dois de Marcos Paulo, um de Yony e grande atuação de Paulo Henrique Ganso, o Tricolor voltou a vencer o Peñarol, fez 5 a 2 no placar agregado e avançou às quartas de final da Sul-Americana. Viatri descontou para os uruguaios. O próximo adversário do Flu sai do confronto entre Corinthians e Montevideo Wanderers, que jogam amanhã.

O QUE VEM POR AI NA RODADA

Internacional x Nacional (Beira-Rio, 19h15). Após vencer na ida, o Colorado joga por um empate contra os uruguaios para se classificar às quartas de final da Libertadores. Recuperado de lesão, Zeca pode retornar à lateral direita no lugar de Bruno. Nico López e Wellington Silva disputam uma vaga na meia.

Flamengo x Emelec (Maracanã, 21h30). Com casa cheia (mais de 60 mil ingressos vendidos), o Rubro-Negro precisa reverter a desvantagem de dois gols para se classificar às quartas da Libertadores. Jorge Jesus não poderá contar com Diego Ribas, Vitinho, Rodrigo Caio e Lincoln – todos lesionados. Entretanto, Éverton Ribeiro e Arrascaeta foram relacionados para o jogo.

Boca Juniors x Athletico (La Bombonera, 21h30). Após derrota em casa, o Furacão precisa vencer por dois gols de diferença em Buenos Aires para avançar às quartas da Libertadores – 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Tiago Nunes terá o retorno do volante Wellington, que cumpriu suspensão no jogo de ida. Bruno Nazário e Marcelo Cirino disputam vaga no time titular.

error: Conteúdo protegido. Solicite atraves do Whatsapp 82.9311-2225
banner_otica_diniz