DEIC prende pedófilo alagoano que tentava aliciar crianças de outros estados

Publicado por Redação

Fonte Ascom PC/AL

21 de fevereiro de 2020 às 14:35

Imagens Reprodução

Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no telegram

Após receber informações da polícia do Estado da Bahia, a Divisão Especial de Investigação e Capturas (GRE/DEIC) iniciou investigação sobre um homem Alagoas que estaria enviando imagens com crianças de três a cinco anos sendo estupradas por adultos, e conseguiu prendê-lo, nesta sexta-feira (21).

O suspeito, de 30 anos de idade, entrou em uma live de rede social e percebendo que uma internauta possuía uma foto com a filha de oito anos de idade, iniciou um diálogo no privado e rapidamente demonstrou interesse na filha da interlocutora.

Durante a conversa, o suspeito falou de seu desejo sexual por crianças e enviou imagens de meninas sendo estupradas por adultos. A internauta da Bahia procurou a polícia local, que por sua vez acionou a Deic, da Polícia Civil de Alagoas.

Depois da denúncia, policiais civis coordenados pelo delegado Fábio Costa, realizaram diligências com a finalidade de identificar o autor do delito, que culminaram com a localização do suspeito no bairro da Serraria.

Levado para a delegacia, ele alegou passar por problemas psiquiátricos e confirmou ser o proprietário do telefone utilizado e o responsável pelo envio das imagens. Negou que fosse ele o autor dos estupros vistos nas imagens e declarou que conseguiu o material na internet.

O suspeito, que é instrutor de academia, responderá pelo crime de envio de material de sexo explícito envolvendo crianças ou adolescentes, cuja pena prevista é de três a seis anos de reclusão. Também incorre nas mesmas penas aqueles que armazenam tais imagens em seu celular ou computador.

error: Conteúdo protegido. Solicite atraves do Whatsapp 82.9311-2225
banner_otica_diniz