PRF apreende droga avaliada em milhões de reais no interior de Alagoas

Publicado por Redação

Fonte Com PRF/AL

08 de fevereiro de 2020 às 8:51

Imagens Ascom PRF/AL

Ascom PRF/AL
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no telegram

Meia tonelada de cocaína era transportada em carreta e seria entregue na Paraíba e RN

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 560 quilos de cocaína na noite desta sexta-feira (07), na BR 423 em Canapi. A droga estava sendo transportada em um veículo de carga e está avaliada em milhões de reais. Um homem de 35 anos foi preso.

A apreensão ocorreu após policiais rodoviários federais receberam denúncia que o motorista de uma carreta branca trafegava próximo a Unidade Operacional de Polícia do Carié e apresentava sinais de nervosismo. O informante estava desconfiado de que o veículo havia sido roubado.

De imediato os agentes deslocaram para fazer um patrulhamento na rodovia e conseguiram abordar o veículo no km 36 da BR 423. Após algumas consultas eles solicitaram que o motorista, natural de Curitiba, se deslocasse junto com a equipe à UOP, para uma melhor fiscalização.

No local, o homem começou a mostrar nervosismo. Ele afirmou que trabalhava há algum tempo com fretes, que o veículo pertencia a sua esposa e que estava carregando madeira, apresentando assim notas fiscais do produto.

Em uma vistoria ainda mais minuciosa, a PRF encontrou caixas de papelão em meio a carga e dentro delas 520 tabletes de cocaína, totalizando cerca de 560 quilos da droga. O material apreendido seria entregue em Campina Grande, na Paraíba, e em Natal, no Rio Grande do Norte.

Até chegar outras equipes da PRF, os agentes contaram com apoio do 9º Batalhão de Polícia Militar de Delmiro Gouveia para fazer a abordagem ao veículo, transbordo e guarda da droga.

Com o traficante, a PRFs encontrou uma quantia aproximada de R$ 3.800, entre as cédulas de dinheiro haviam sete notas falsas. O homem, junto com a cocaína apreendida foi conduzindo a sede da Polícia Federal, em Maceió.

O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.

error: Conteúdo protegido. Solicite atraves do Whatsapp 82.9311-2225
banner_otica_diniz