Alagoas atualiza números do Coronavírus e se aproxima de 30 mil curados da doença

Publicado por Redação

Fonte Ascom SESAU/AL

02 de julho de 2020 às 19:26

Imagens AlagoasWeb/Arquivo

AlagoasWeb/Arquivo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no telegram

O Boletim Epidemiológico desta quinta-feira (02) confirma mais 509 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 37.328 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 6.821 estão em isolamento domiciliar e 229 internados em leitos públicos e privados. Outros 29.185 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 2.560 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 19 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 1.091 óbitos por Covid-19.

Mais 19 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Quatro vítimas eram moradores de Maceió, sendo três homens, com idades de 75, 52 e 62 anos; e uma mulher de 79 anos. O homem de 75 anos tinha doença cardiovascular e faleceu na Santa Casa de São Miguel dos Campos; o homem de 52 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital MedRadius; e o homem de 62 anos também não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Humanité. Já a mulher de 79 anos era cardiopata, diabética e hipertensa e faleceu no Hospital Sanatório.

A Covid-19 vitimou mais 15 pessoas que residiam no interior do Estado, sendo nove homens e seis mulheres. O homem de 104 anos, de Passo de Camaragibe, era hipertenso e faleceu em sua residência; o homem de 82 anos, também de Passo do Camaragibe, era diabético e hipertenso e faleceu em sua casa; o homem de 79 anos, de Pilar, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Humanité; o homem de 66 anos, de Atalaia, era diabético e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 69 anos, de Maragogi, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 74 anos, de Batalha, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; o homem de 82 anos, de Santana do Ipanema, era diabético e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; o homem de 73 anos, de Viçosa, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Metropolitano; e o homem de 65 anos, de São José da Laje, era diabético e faleceu no Hospital da Mulher.

Em relação aos óbitos do sexo feminino, a mulher de 70 anos, de Teotônio Vilela, era diabética e faleceu no Hospital Nossa Senhora das Graças; a vítima de 65 anos, da Barra de São Miguel, era diabética e faleceu no Hospital da Mulher; a mulher de 45 anos, de Matriz do Camaragibe, era diabética e faleceu no Hospital da Mulher; a vítima de 63 anos, de Viçosa, era diabética e faleceu no Hospital da Mulher; a mulher de 70 anos, de Flexeiras, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; e a vítima de 66 anos, de Feira Grande, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital de Campanha de Girau do Ponciano.

error: Conteúdo protegido. Você pode solicitar atraves do Whatsapp 82.9311-2225
banner_otica_diniz