Alagoas tem mais de 56 mil curados do Coronavírus

Publicado por Redação

Fonte Ascom SESAU/AL

05 de agosto de 2020 às 16:43

Imagens Akos Stiller/Bloomberg

Akos Stiller/Bloomberg
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print
Compartilhar no telegram

O Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (05) confirma mais 843 casos do novo Coronavírus (Covid-19) em Alagoas. Agora o estado tem um total de 64.194 casos confirmados, dos quais 5.689 estão em isolamento domiciliar e 211 internados em leitos públicos e privados.

56.659 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 1.053 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 12 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 1.633 óbitos por Covid-19.

Mais 12 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Quatro óbitos eram de pessoas que residiam em Maceió e todas do sexo masculino. O homem de 62 anos tinha doença cardíaca crônica e faleceu no Hospital Veredas; o homem de 73 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Veredas; o homem de 65 anos tinha doença renal crônica e faleceu no Hospital Vida; e o homem de 53 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Universitário.

A Covid-19 vitimou mais oito pessoas que moravam no interior do Estado, sendo seis homens e duas mulheres. O homem de 72 anos, de Piranhas, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Clodolfo Rodrigues; o homem de 76 anos, também de Piranhas, era diabético e faleceu no Hospital de Campanha de Girau do Ponciano; o homem de 72 anos, de Cacimbinhas, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Clodolfo Rodrigues; o homem de 63 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Chama; o homem de 69 anos, também de Arapiraca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Arthur Ramos; e o homem de 51 anos, de Murici, era hipertenso e faleceu no Hospital Veredas. Em relação aos óbitos do sexo feminino, a mulher de 98 anos, de Major Izidoro, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital de Campanha de Girau do Ponciano; e a vítima de 103 anos, de Olho d´Água das Flores, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Clodolfo Rodrigues.

error: Conteúdo protegido. Você pode solicitar atraves do Whatsapp 82.9311-2225
banner_otica_diniz