blog

Imagem de Autor

Viva+

Orcilene Maria

Pirâmide alimentar: o que é, e como funciona?

COMPARTILHE Whatsapp Facebook Twitter Data: 22/09/2021
Fonte de Imagem: Reprodução Google

A pirâmide alimentar foi criada para podermos montar ou organizar uma refeição de forma mais equilibrada e saudável. A mesma serve como um guia para orientar as nossas escolhas alimentares.

A pirâmide é dividida em partes e cada parte representa um grupo alimentar e o número de porções ou quantidades recomendadas diariamente.

Vamos entender melhor a pirâmide alimentar?

- No topo da pirâmide estão os alimentos que devem ser consumidos com cautela, como os açucares, óleos e gorduras.

- Já a base da pirâmide representa os alimentos que devem ser consumidos com frequência, tendo em vista sua alta fonte de energia. Aqui, estão os pães, batatas, massas e arroz.

Mas, é preciso ficar atento pois a quantidade de consumo dos alimentos varia de pessoa para pessoa, assim como de cultura para cultura. A pirâmide alimentar é utilizada nas mais variadas situações, isso porque a mesma disponibiliza todas as porções que devem ser consumidas., e com o apoio de um nutricionista, você consegue encaixa-la na rotina de forma que possa garantir o objetivo desejado, assim como consumir a quantidade de calorias necessárias diariamente.

Confira os níveis da base até o topo:

- Base: cereais, pães, raízes e tubérculos – recomendável incluir diariamente até seis porções;

- Nível 3: frutas, verduras e legumes: recomendável consumir três porções diariamente;

- Nível 2: carnes, ovos, leguminosas, leite e seus derivados: para as proteínas é recomendável três porções por dia. Já para as leguminosas, leite e seus derivados uma porção por dia;

Topo: óleos e gorduras, açucares e doces: até duas porções ao dia.

#FicaaDica

Conhecer a pirâmide alimentar é uma ótima opção para te auxiliar no consumo equilibrado e saudável dos alimentos.