blog

Imagem de Autor

Viva+

Orcilene Maria

Vitamina D: deficiências, benefícios e alimentos fontes?

COMPARTILHE Whatsapp Facebook Twitter Data: 05/07/2021
Fonte de Imagem: Google

A vitamina D é considerada um hormônio esteroide, ou seja, uma substância produzida pelo corpo humano e de fundamental importância para o funcionamento adequado do organismo.

 Auxiliando na absorção do cálcio no intestino, ajuda a manter concentrações adequadas de soro de cálcio e fosfato para permitir a mineralização óssea normal e para evitar as contrações involuntárias musculares que levam a cólicas e espasmos. A mesma também ajuda ao nosso organismo a reduzir as inflamações e a modular os processos como: manutenção das funções neuromusculares e imunológicas, desenvolvimento celular e metabolismo da glicose tipo 2.

Por ser uma vitamina que está ligada à benefícios no sistema imunológico, a mesma vem sendo estudada cientificamente por ser um pró-hormônio que atua como substância multifuncional e combate a algumas infecções.

Quais doenças podem causar a deficiência de vitamina D?

  • Enfraquecimento e desmineralização óssea
  • Raquitismo
  • Osteoporose
  • Infecções no trato respiratório
  • Problemas cardiovasculares
  • Câncer de cólon e próstata
  • Esclerose múltipla
  • Doenças inflamatórias intestinais entre outras.

Quais alimentos são fontes de vitamina D?

  • Peixes (sardinha, atum, salmão)
  • Fígado bovino
  • Queijos enriquecidos
  • Gema de ovo
  • Leite fortificado
  • Iogurte fortificado
  • Cogumelos frescos
  • Mariscos
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Carnes (bovina, frango, peru)

É importante saber que a vitamina D está presente em alimentos de origem animal e em alguns fortificados, sabendo que não é possível encontrar em fontes vegetais como frutas, verduras, grãos, como arroz, trigo, aveia e quinhoa. Por isso, o ideal é que pessoas que não consomem adequadamente alimentos como ovos, leite e seus derivados, ou aqueles indivíduos que não consomem porque não gostam, precisam obter a vitamina D através de suplementação, prescrita pelo médico ou nutricionista ou a exposição solar.

#FicaaDica

Procure um médico ou nutricionista para identificar suas carências nutricionais.